Vídeo: Caiado pede a prefeitos que consigam caderninho de fiado no comércio para servidores

Parece até inacreditável, mas o destaque da visita que Ronaldo Caiado (DEM) fez nesta quinta-feira (10) a Jataí, no sudoeste goiano, foi o apelo feito pelo governador aos prefeitos para que consigam um caderninho de fiado para os servidores estaduais no comércio local como saída para o calote nos salários de dezembro. O nível de zombaria com a tragédia alimentar provocada pelo calote, que já era altíssimo, agora passou dos limites.

A “medida”, apresentada como “emergencial” foi reproduzida pela assessoria de imprensa de Caiado no texto oficial da visita distribuído nesta tarde à imprensa. As jornalistas Fabiana Pulcineli, do jornal O Popular, e Cileide Alves, da rádio Sagres 730, ironizaram o governo.

“Presidente do Sintego de Jataí, Rosa Helena diz ao governador que professores estão com dificuldades para comer pelo atraso do salário de dezembro. Caiado pediu aos prefeitos para avalizarem servidores no comércio local como “medida emergencial” até o governo pagar”, afirmou Cileide em seu Twitter.

“‘O governador Ronaldo Caiado, numa medida emergencial, pediu aos prefeitos que avalizem donos de supermercados e farmácias para que servidores possam fazer compras e paguem assim que o Estado tenha dinheiro em caixa para quitar a folha de dezembro’. (Release do governo)”, informa Fabiana, em texto encerrado com o bordão “Ma oe?!”, do apresentador e dono do SBT Sílvio Santos.