Números da folha do Estado confirmam: Marconi manteve funcionalismo em permanente valorização nos últimos 8 anos, mostra O Popular

Os números da folha de pagamento dos servidores públicos apresentados em reportagem especial de duas páginas do jornal O Popular neste domingo comprovam: nos 8 anos de seus dois últimos mandatos como governador, Marconi Perillo (2011-18) manteve o funcionalismo em permanente valorização.

O investimento em folha subiu de R$ 6,44 bilhões em 2010, último ano da desastrosa gestão de Alcides Rodrigues (2007-10) para R$ 15 bilhões no ano passado. É preciso levar em conta que professores, policiais e profissionais da saúde são as categorias mais numerosas do funcionalismo e que, melhorar os salários desses servidores representa impacto positivo direto na valorização e na qualidade dos serviços públicos prestados por eles.

A lógica do atual governo é oposta: ao dar o calote na folha de dezembro, o governador Ronaldo Caiado (DEM) revela o descaso com os servidores, cujas remunerações e carreiras são vistas como mera despesa e não como instrumento de aperfeiçoamento da gestão. Os primeiros dias de gestão mostram que, sob Caiado, os funcionários públicos têm quatro anos bem difíceis pela frente.