Com folha de dezembro atrasada e órgãos como Detran e Juceg travados, Caiado faz social em diplomação da OAB-GO

Diz a cartilha dos bons gestores que quando a coisa está feia a única saída possível é arregaçar as mangas e trabalhar. Não é o que pensa o governador Ronaldo Caiado (DEM), que segue borboletando em eventos sociais enquanto sua administração desce ladeira abaixo com salários de dezembro atrasados, a paralisia toma conta de órgãos públicos estratégicos na prestação de serviços públicos, como Detran e Juceg, e milhares de beneficiários de programas sociais não sabem se continuarão atendidos pelos programas.

Caiado esteve nesta noite evento de posse do novo Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Goiás), uma solenidade sem dúvida relevante, mas na qual Caiado poderia ser representado por seus auxiliares enquanto cuida do que realmente importa nos primeiros dias de sua gestão, que é colocar a máquina administrativa para funcionar, encontrar uma saída para o colote da folha e apresentar seu programa para o futuro.

Enquanto Caiado curte as cerimônias e solenidades como se nada estivesse acontecendo, os servidores seguem sem salários, a gestão continua paralisada e os aliados continuam apavorados com a confusão em que se transformaram os primeiros 15 dias de mandato.