Novo MDB: partido vai fazer faxina nos quadros e expurgar caiadistas para se fortalecer

A coluna Giro informa, na edição de sábado de O Popular, que o MDB pretende fazer uma faxina nos quadros e afastar os caiadistas, que traíram o partido na última eleição. Os prefeitos de Rio Verde, Catalão, Goianésia, Formosa serão os primeiros a serem expulsos.

É o novo MDB tomando forma.

Veja a nota:

MDB deve levar adiante expulsão de caiadistas após eleição de novo diretório

Com a eleição do diretório estadual do MDB, por enquanto mantida para hoje após nova decisão judicial, a tendência é a de que a composição do conselho de ética fique completamente alinhada ao presidente da sigla, Daniel Vilela, que inscreveu chapa única e deve ser reeleito. Diante da impossibilidade de acordo com o grupo que faz oposição interna ao deputado federal, que tem mandato até o fim de janeiro, as expulsões de prefeitos que apoiaram a eleição do governador Ronaldo Caiado (DEM) devem ter a análise retomada em breve. A coluna apurou que os próprios caiadistas já foram avisados da situação. A informação é confirmada por emedebistas ligados a Daniel, que foi adversário de Caiado na corrida eleitoral, e fechava ontem a composição do colegiado responsável pela análise de processos disciplinares. “O conselho terá a participação de gente que se engajou na campanha”, afirma um deles.