Crise à vista? Nomeação de irmão de Lúcio Flávio na Segov preocupa advogados e membros da OAB-GO

A nomeção de Luiz Antônio Siqueira de Paiva, irmão do presidente da OAB-Goiás, Lúcio Flávio, na Superintendência da Juventude é motivo de manifestação de preocupação entre advogados e membros da Ordem. O cargo pertence à estrutura da Secretaria de Governo, responsável pelo pagamento dos honorários dos advogados dativos.

O temor faz todo sentido: a nomeação tira a independência da OAB Goiás na interlocução com o governo Ronaldo Caiado (DEM) em relação a todos os temas, não apenas à gestão do fundo criado pelo ex-governador Marconi Perillo (PSDB) para garantir os honorários dos advogados dativos.

A permissão para que o irmão assumisse o cargo também põe em xeque o discurso de independência de Lúcio Flávio em relação ao governo estadual. Essa, inclusive, foi a razão principal da chegada dele à presidência da OAB-Goiás, em 2015. Lúcio Flávio derrotou Flávio Buonaduce, candidato da OAB Forte apoiado pelo então secretário de Governo, Henrique Tibúrcio.