Petistas goianos não defendem Lula. Nem o principal deles, o prefeito Paulo Garcia

O ex-presidente Lula não é mais a figura carismática e apaixonante que o PT sempre cultivou, inclusive em Goiás.

É o que se pode deduzir da até agora fraca e quase inaudível defesa que os petistas goianos fizeram de Lula, duramente atacado pelo governador Marconi Perillo na convenção nacional do PSDB: “Canalha”.

Maior figura do PT estadual, o prefeito Paulo Garcia calou-se e soltou algumas abobrinhas genéricas, tipo exaltação pueril, sobre Lula.

Nesta terça-feira, o jornal O Popular até publicou matéria registrando que o petismo de Goiás correu do raia.