Exclusivo: Para fazer economia, Caiado vai retirar das ruas parte das viaturas da PM a partir de fevereiro

O viés fiscalista vai tomando conta da gestão de Ronaldo Caiado (DEM), com sérios prejuízos à prestação dos serviços essenciais de educação, saúde e segurança pública. Depois de determinar corte de 20% nas horas extras dos policiais militares, o chamado virtual, o governador decidiu reduzir também o número de viaturas nas ruas.

As medidas, sob o pretexto de economizar recursos públicos, apesar de os números demonstrarem bom desempenho da arrecadação, vêm em um momento de escalada da violência no Estado, conforme vem mostrando diariamente a imprensa É o resultado de um governo sem prioridade econômica e social, preocupado apenas em cortar despesas.