Major Araújo: “projeto de Caiado para Segurança é uma fraude”

Em entrevista ao jornal de Aparecida, publicada nesta quarta-feira, o deputado estadual Major Araújo (PRB) chamou de “fraude” o projeto anunciado nesta semana pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) para a Segurança, que em vez de equiparar o salário de todos os policiais e extinguir a terceira classe, aumentou o tempo de transição na segunda classe, deixando tudo exatamente como era na gestão passada.

Para entender melhor: o cronograma criado por Marconi e Eliton previa que o soldado passasse da terceira para a segunda e chegasse à primeira após 11 anos. Caiado extinguiu a terceira classe, mas aumentou a passagem pela segunda fazendo com que o prazo de 11 passasse para 10 anos, ou seja: ficou elas por elas.

Major disse na entrevista: “O projeto precisa ser aperfeiçoado, ficou ruim. O Caiado não cumpre sua promessa integral a respeito da terceira classe. Ele achou um paliativo. Não queremos paliativo, queremos a solução. Quero estar com o governador o mais rápido possível para dizer para ele isso: O seu projeto é uma fraude e não atende os interesses dos policiais militares”.