Issy Quinan propõe revisão de pagamento do orçamento impositivo para compensar Goiás na Frente

O prefeito de Vianópolis, Issy Quinan (PP), defendeu nesta terça-feira (5/2) que o governo Ronaldo Caiado (DEM) reveja os critérios de pagamento do chamado Orçamento Impositivo de forma a compensar as perdas provocadas pela suspensão do Goiás na Frente. Issy vai se reunir nesta quarta-feira (6/2) com o secretário Ernesto Roller (Governo), que anunciou ontem (4/2) o fim do programa para apresentar essa proposta.

Issy propõe que as emendas parlamentares do Orçamento Impositivo sejam adequadas à realidade das obras iniciadas com recursos do Goiás na Frente em cada município. No final do ano passado, Caiado obteve o aval da Assembleia para que os recursos das emendas fossem destinados integralmente para obras e ações em saúde.

Para Issy, já que o Goiás na Frente será extinto, a destinação e os valores das emendas tem de ser revisado tendo em vista a conclusão das obras iniciadas a partir dos repasses feitos pelos ex-governadores Marconi Perillo e José Eliton. “Já que faltou sensibilidade ao governador com relação às obras já iniciadas, ele pode colaborar com os prefeitos dessa forma”, propõe.