Caiado trata servidores, empresários e prefeitos como inimigos dele e dos goianos

Para levar adiante seu projeto de vingança e destruição do legado dos governos de Marconi Perillo (PSDB), o governador Ronaldo Caiado (DEM) vem tratando, desde a sua a vitória no primeiro turno, os servidores, os empresários e os prefeitos do Estado como inimigos dele e dos goianos.

Desde que assumiu o mandato, há 41 dias, Caiado vem adotando, de forma cruel e a conta gotas, uma série de medidas para arrochar o funcionalismo, o setor produtivo e os municípios. Promove uma cassação sem precedentes de diretos e conquistas acumuladas pelos funcionários públicos nos últimos 20 anos.

Na economia, Caiado arrocha as regras para concessão de licenças para empresas, avança na redução dos incentivos e trata os empresários como uma casta de privilegiados que enriqueceram sonegando impostos. O ambiente para investimentos nunca foi tão nebuloso e inseguro quanto agora, afungentando indústrias e mudando os planos de quem pretendia investir por aqui.

Os prefeitos também estão pagando uma fatura pesada com a vitória de Caiado. O governador está transferindo para os municípios toda sorte de despesas, como a manutenção de estradas e o aluguel de unidades do Vapt Vupt. Ele também decidiu acabar com o Goiás na Frente, interrompendo centenas de obras já iniciadas pelos prefeitos com recursos do Tesouro Estadual.

Um verdadeiro horror.