(Vídeo) “Tem professor passando fome e Caiado não se manifesta”, diz professora em Luziânia

Uma professora da escola estadual Epaminondas Roriz, em Luziânia, afirmou nesta segunda-feira à TV Anhanguera que há colegas seus que estão sem o que comer por causa do calote do governador Ronaldo Caiado (DEM) no salário de dezembro. “Alguns estão passando fome, outros não tem condições de se locomover para vir dar aulas, e o governador não se manifesta. É desumano”, afirma.

Assista ao vídeo.