(Exclusivo) Escândalo Pirenópolis: vídeos mostram diretora de Saúde da prefeitura falando em transferir servidores para empresa investigada por fraude

Vídeos exclusivos obtidos pelo Goiás 24Horas mostra reunião entre integrantes da cúpula da prefeitura de Pirenópolis e funcionários municipais de limpeza urbana. No vídeo, a diretora de Saúde, Andreia Ramos Damasceno, comunica que alguns servidores serão demitidos e contratados pela empresa Soma. Essa é a empresa que está sendo investigada pela Polícia Civil por fraude em licitação e desvio de dinheiro da prefeitura. Quem aparece ao lado de Andreia é o ex-secretário de Infraestrutura e Trânsito de Pirenópolis, Ozair Louredo da Cunha.

Andreia é filiado ao DEM, partido de Ronaldo Caiado, e ferrenha defensora do governador. O valor desviado no esquema prefeitura-Soma ainda está sendo levantado, mas o total seria de no mínimo R$ 200 mil. Maiores detalhes não foram divulgados para não atrapalhar as investigações. Segundo a Deic, o valor total do contrato é de aproximadamente R$3,5 milhões.

Veja abaixo os vídeos: