Diário de Goiás diz que a imagem da AMMA foi “desgastada” pela corrupção. “Desgastada”? Ah, sei

Ao longo de entrevista oba-oba com o ex-prefeito Pedro Wilson, que se rebaixou a aceitar o cargo de presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente da capital, o site Diário de Goiás afirma que a imagem da AMMA foi “desgastada” pelo recente escândalo de venda de licenças ambientais.

É brincadeira.

É muito mais do que “desgastada”. Um dos maiores escândalos do país, que levou até à prisão de vereadores, funcionários e ex-funcionários, o escândalo da AMMA produziu um dossiê de 600 páginas que o Ministério Público já encaminhou à Justiça.

Uma batelada de crimes foi registrada, que vão de formação de quadrilha e corrupção a tráfico de influência e concussão.

O escândalo resultou em uma CEI com cara de terminar em pizza na Câmara Municipal. Mesmo assim, o presidente da comissão, vereador Izídio Alves (PMDB), leu a documentação encaminhada pelo Ministério Público, declarou-se estarrecido e disse que, em 42 anos de vida pública, nunca viu nada parecido.