Exclusiva do MDB goiano: G24H teve acesso a relatório sobre traição de dissidentes e revela em primeira mão que a Comissão de Ética vai aplicar pena de expulsão sumária

O G24horas teve acesso exclusivo ao relatório produzido pelo advogado Ezízio Barbosa, a quem o processo foi distribuído. Não terá meio termo: os dissidentes caiadistas vão mesmo ser colocados porta à fora pelo MDB goiano. A Comissão de Ética do partido já chegou a um consenso e vai expulsá-los tão logo os integrantes sentem à mesa de reunião do Diretório Estadual para votar o relatório de cerca de 50 páginas digitadas em espaço dois redigido por Ezízio.

No documente, ele conclui que a infidelidade ficou fartamente demonstrada e recomenda a aplicação da pena máxima, que é a expulsão, para punir a

traição de Adib Elias (Catalão), Paulo do Vale (Rio Verde), Renato de Castro (Goianésia) e Fausto Mariano (Turvânia). Ernesto Roller, secretário de Governo e ex-prefeito de Formosa pediu desfiliação.

Os inféis emedebistas boicotaram o candidato próprio do MDB a governador, Daniel Vilela, e apoiaram abertamente a campanha do demista Ronaldo Caiado. Adib foi inclusive coordenador do comitê caiadista.