URGENTE Após denúncia do G24horas, UTI do Hospital Municipal Universitário de Rio Verde é interditada

Alvo de denúncia do blog G24horas, a UTI do Hospital Municipal Universitário de Rio Verde acaba de ser interditada por contaminação pela bactéria do gênero Acinetobacter, que causa surtos graves de infecção hospitalar.

A chefe da UTI já havia levado o fato ao  conhecimento do secretário municipal de Saúde, Eduardo Ribeiro, e do prefeito Paulo do Vale, mas estranhamente nenhuma providência foi tomada. A omissão da prefeitura colocou pacientes em risco, inclusive crianças que demandam os serviços pronto socorro infantil da unidade médica.

Seis óbitos foram registrados na UTI, o que reforçou a suspeita de epidemia no hospital. A bactéria do gênero Acinetobacter é super resistente a antibióticos. Médicos que trabalham na unidade denunciam que o funcionamento do hospital é precário: os salários estão atrasados e faltam medicamentos.