Olha ele aí: Leonardo Reis, presidente do Simego, foi militante da Juventude do PMDB

O médico Leonardo Reis, presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Goiás, que comanda a greve dos médicos do Estado e está sendo acusado de ter estimulado o movimento por razões políticas, já foi, sim, militante do PMDB.

Mais que militante, aliás. Nesta foto obtida nas redes sociais, ele aparece em um evento da Juventude do PMDB em Goiânia, sentado na mesa diretora dos trabalhos, vestido com camiseta logotipada do partido.

Foi em março de 2006.

A foto foi postada no Facebook de Marcelo Figueiró. Imediatamente, Leonardo Reis repercutiu, dando a sugerir que se tratava de uma lembrança muito especial: “Massa”, escreveu o atual presidente do Simego. E emendou: “Valeu a lembrança”.

 

LEIA MAIS:

Simego evita criar caso com Paulo Garcia porque presidente indicou o secretário de Saúde

Greve imposta por Sindicato (ligado ao PMDB e PT) não tem adesão de médicos. Movimento é político

Faleiros alerta que população não pode ser prejudicada por greve dos médicos