Mabel alerta sobre corte em incentivos: “Se continuar assim, não vai ter emprego em Goiás daqui 3 ou 4 anos”

O presidente da Fieg e ex-deputado Sandro Mabel fez um alerta grave durante entrevista ao jornal O Popular, exibida no Facebook. Mabel se posicionou totalmente contra o corte nos incentivos fiscais feito pelo governador Caiado. Disse que as indústrias e empresas estão correndo de Goiás. “Se continuar assim, não vai ter emprego em Goiás daqui três ou quatro anos”, disse Mabel.