Outro prejuízo para o usuário: saída do governo Caiado do sistema de transporte significa o fim da integração na grande Goiânia

Sobre o governo Caiado sair do sistema, na prática vai significar o fim do modelo integrado. Não haverá autoridade para para regular linhas intermunicipais. Com isso,  as linhas deixarão de ter preço único e o passageiro vai pagar por distância percorrida. Quem mora longe paga mais. Adivinha quem será sacrificado? O coitado que foi iludido ao comprar lote no fim do mundo com o argumento de que a passagem é o mesmo preço. Goiânia é a única capital do país com sistema totalmente integrado por tarifa única.
Vai ser um retrocesso e pau na cabeça do trabalhador.