Em nota, AGM classifica de “afronta” decisão de Caiado de expulsar máquinas das prefeituras da GO-060

Em nota divulgada na tarde deste domingo (17), a Associação Goiana dos Municípios (AGM) prestou solidariedade aos prefeitos e à população da região afetada pelo deslizamento que interditou a GO-060, no Mato Grosso Goiano, e classificou de “afronta” a decisão do governador Ronaldo Caiado (DEM) de expulsar as máquinas das administrações municipais que trabalhavam na construção de um desvio.

“Manifestamos (a defesa) da convivência respeitosa e (da) lealdade federativas neste momento em que todos são chamados à colaboração” e “não comungamos com atos de afronta (aos entes federados), que só tem como resultado mais prejuízos à população desassistida”, diz Paulo Sérgio de Rezende, prefeito de Hidrolândia e presidente da AGM, na nota.