Exclusivo: mais de 300 instituições de caridade estão sem receber repasses do governo Caiado. Pura perseguição política

Muita crueldade: mais de 300 instituições de caridade do Estado, que sempre tiveram ajuda no governo Marconi, estão sem receber repasses do governo Caiado por pura perseguição política.
O secretário Marcos Cabral afirma que irá fazer outro recadastramento.
Enquanto isso, as entidades passam por enormes dificuldades e podem até fechar.