Presidente da Câmara critica Caiado por lavar as mãos na crise do transporte coletivo

O debate sobre o aumento do preço do bilhete de ônibus em Goiânia é a pauta do começo da sessão desta terça na Câmara Municipal. O presidente da Casa, Romário Policarpo (Pros), acaba de criticar o governador Ronaldo Caiado (DEM) por lavar as mãos na crise do transporte coletivo e solicitar a retirada da Agência Goiana de Regulação (AGR) da Câmara que delibera sobre o assunto (CDTC).

“Os melhores transportes públicos do mundo contam com a presença constante do poder estatal. E aqui a gente vê o governador querendo sair da discussão, eu acho estranho”, afirma Romário.