Praticamente acéfalo em Goiás, PP de Baldy (que mora em São Paulo) caminha para derrota acachapante na eleição municipal

Com as principais lideranças com domicílio real fora de Goiás, o PP pode colher uma derrota acachapante na eleição municipal de 2020, principal teste antes do pleito de 2022.
O partido está praticamente acéfalo no Estado. O presidente Alexandre Baldy mora em São Paulo e pouco vem à província. E sempre está com atenção em Brasília. Pode ser um avião na articulação política, mas, como se diz por aqui, é o olho do dono que engorda o boi.
Vanderlan Cardoso fica em Brasília e só pensa em Senador Canedo.
Já Adriano Baldy, coitado, é um poste.
E assim, o PP segue abandonado em Goiás.
Os pepistas estão com saudades de Roberto Balestra.