Câmara de Catalão: vereador denuncia servidor folgado que bate do ponto de bermuda e chinelão e depois vai embora

O vereador Cleuber Vaz (PTC) denunciou que servidor comissionado da Câmara Municipal de Catalão bate ponto de bermuda e chinelão – e depois vai embora na companhia um menino.

“Chegou ao meu conhecimento que um servidor comissionado da Casa registra a biometria de bermuda e chinelão na companhia de um menino, bate o ponto e depois vai embora”, assinalou indignado  o vereador.

Ele disse que a denúncia lhe foi encaminhada por um servidor concursado chamado Ivan, apelidado de Turquinho.

O vereador exigiu do presidente da Casa investigação rigorosa do  fato. Se confirmada a denúncia, o caso do servidor folgado configura crime de peculato, capitulado no Código Penal.