Pressão da Câmara e da sociedade faz Iris desistir de projeto que dava aumento maluco a procuradores

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), decidiu recolher o Projeto de Lei Complementar 003/2019 que havia enviado à Câmara na última semana. A proposta em questão reajusta em até 430% o salário de procuradores e auditores do município.

Na justificativa, o prefeito Iris afirmou que o projeto apresenta a previsão de regime de subsídio, como forma de pagamento. “O regime de subsídio traz transparência e economia à Administração Pública, uma vez que constitui parcela remuneratória única, afastando a possibilidade de sucessivas gratificações e adicionais.” Ainda segundo o documento, o incremento buscava compatibilizar os valores percebidos em carreiras análogas em outras capitais.

(Matéria do Jornal Opção)