Sintego realiza paralisação e apresentação de novo indicativo de greve por conta de desmandos de Caiado com a educação

O Sintego (Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Goiás) promove na semana que vem novas atos de protesto contra os desmandos do governo Ronaldo Caiado (DEM) na Educação – fechamento de escolas, fim de aulas em tempo integral, atraso e calote em aposentadorias, pensões e salários.

Na quarta-feira, dia 27, o sindicato reúne servidores técnico-administrativos e professores para dia de paralisação, com manifestação em frente à Assembleia Legislativa, no Setor Oeste.

Na sexta-feira, dia 1º de abril, a concentração será em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, sede do Poder Executivo, ato para o qual está prevista votação, em assembleia geral, de proposta de greve geral.

Resta saber se o Sintego vai mesmo, desta vez, peitar Caiado, ou se é só um 1.º de abril mesmo, o dia da mentira.