Reizinhos (2): reserva imoral de vagas para procuradores em estacionamento ocorre também na Educação

Depois que o Goiás 24 Horas trouxe à tona a informação de servidores da Secretaria de Desenvolvimento Social acionaram o Ministério Público contra a reserva imoral de vagas para procuradores em estacionamento do Estado, servidores da Educação enviaram mensagem ao Whatsapp do blog para dizer que esta prática acontece também na Educação.

“Aqui nem precisa de um bom cargo para ter acesso a estacionamento privativo na sombra e vigia próprios, basta que tenha cargo de gerente ou seja “amigo do rei “, diz o servidor que entrou em contato com o GO24H.

“Esta prática fere a democracia. Os gerentes deveriam começar a trabalhar mais cedo para ter vaga. Não se preocupam porque tem vaga garantida. Absurdo”.