(Exclusivo) Racha no movimento dos professores: presidente do Sintego ameaça processar líder do MPG

O debate sobre o posicionamento do Sintego em relação ao governo Caiado pode parar na Justiça. Um dos líderes da Mobilização dos Professores de Goiás (MPG), Thiago Pereira, defende a radicalização da luta e acusa o Sintego de ser pelego. Bia de Lima reage e ataca o MPG. Nesta quarta-feira, o debate esquentou em grupos de WhatsApp, até que Bia ameaçou Thiago de processo. E a briga continua.