Editor de O Popular acusa governador de usar recursos públicos para pagar ataques. Sem provas

Editor de O Popular, o jornalista Bruno Rocha Lima é conhecido pelo temperamento cordato e estilo jornalístico moderado.

De repente – “não mais que de repente”, diria o poetinha –, Bruno desandou e postou no seu Twitter uma acusação séria, envolvendo uma autoridade com desvio de recursos públicos.

Bruno acusou “um governador” (como estamos em Goiás, só pode ser o governador Marconi Perillo) de “usar recursos públicos para manter um blog de quinta e atacar tudo e todos”.

Não disse qual era o blog “de quinta” nem apresentou nenhuma prova do crime que imputou a esse “um governador” – gastar recursos públicos para atacar “a tudo e a todos” caracteriza crime de corrupção.

Veja o post-denúncia de Bruno Rocha Lima no Twitter:

 

Bruno Rocha Lima @brunorlima 13 h

Tão estranho um governador gastar $$ do contribuinte para manter um blog de quinta para atacar tudo e todos. Sinal de que algo vai muito mal

 

LEIA MAIS:

Bruno Rocha foge do senso comum e dá aula de bom senso no Twitter

Debate no Twitter desmonta fascismo por trás das críticas a Glória Pires por aparecer em anúncio do Governo

A voz do bom senso: editor de O Popular aponta coleção de erros na farsa dos grampos

Editor de O Popular diz que, se algum órgão público recusa dar informação, é porque “tem rolo ou ineficiência a esconder”

Bruno faz análise psicológica das massas e diz que há algo mais por trás dos protestos de rua em Goiânia