Materno-Infantil em crise e o que o secretário da Saúde está fazendo? Selfie, curtindo o domingão e comentando a cor dos cabelos

O que um secretário de Saúde que se preze e mereça o devido respeito estaria fazendo, de segunda-feira a domingo, diante de uma crise gravíssima como a enfrentada pelo Hospital Estadual Materno-Infantil?

Trabalhando, certamente pensou o leitor. Pois é, não é o caso do secretário de Saúde de Ronaldo Caiado (DEM), Ismael Alexandrino, que neste domingo (31) ostentou sua folga fazendo uma selfie para as redes sociais de óculos escuros e camiseta, ainda por cima supostamente dirigindo.

Vaidoso, Alexandrino revela, na legenda da foto, a preocupação com a cor de seus cabelos. “Parece que a cor do cabelo está perdendo a juventude”, afirma. Ontem, manchete em letras garrafais do Popular afirmava: “Morte de Diogo escancara crise do Materno-Infantil”, informando que 13 crianças estavam “internadas” no corredor do hospital.

É ou não é o fim do mundo?