“Meu filho sofreu e muito”, relata mãe de Diogo, menino que morreu à espera de leito no Materno, ao Fantástico

Em uma reportagem ao mesmo tempo emocionante e revoltante, o Fantástico mostrou na noite deste domingo a história completa do pequeno Diogo, que morreu à espera de um leito no Hospital Materno-Infantil. A matéria, feita pela TV Anhanguera, mostrou, junto à história da pequena vítima, a gravíssima crise enfrentada pelo hospital na gestão de Ronaldo Caiado (DEM).

“O caso provocou indignação esta semana. O Fantástico conversou com Ana Carolina da Silva, mãe do menino de 5 anos que morreu esta semana depois de ficar 11 horas na cadeira de um hospital público de Goiânia, aguardando um leito”, relata a reportagem. “Diogo faleceu no corredor do hospital materno infantil, em Goiânia, após 11 horas de espera em uma cadeira”, afirma a reportagem.