No Fantástico, secretário disse que governo precisa pedir desculpa pela morte de Diogo. Caiado ainda segue calado…

O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, assumiu em entrevista ao Fantástico, exibida neste domingo, que o governo de Goiás precisa pedir desculpas à sociedade pela morte trágica do garotinho Diego, de apenas 5 anos. O menino morreu após esperar atendimento por 11 horas no colo da mãe. O secretário está certo. O problema é que o governador Caiado se mantém calado; não falou nada sobre a tragédia anunciada.