Reportagem do Fantástico aponta os responsáveis pelo caos na saúde em Goiás: Caiado e Iris; assista

A reportagem do Fantástico deste domingo que mostrou a triste história do menino Diogo, que morreu à espera de um leito no Hospital Estadual Materno-Infantil, aponta os responsáveis pelo caos na saúde de Goiás: o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), e o governador Ronaldo Caiado. Assista aqui: glo.bo/2YE5MuU

Na reportagem, o repórter Honorio Jacometo mostra que a falta de leitos e de UTIs para crianças nos sistema estadual e municipal de saúde persistiu neste domingo. Ou seja, mesmo após a morte de Diogo e de um menino de Trindade, o Klayton, nada foi feito.

O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, teve a cara de pau de dizer ao Fantástico, no sábado, que o governo estadual “tem de sensibilizar” com o drama das crianças. Hoje, ele postou uma selfie, de folga, comentando sua preocupação com os cabelos, segundo ele, “perdendo a juventude”. Enquanto isso, as crianças morrem nos hospitais.