Caiado afirma que fez “ações concretas” no Materno. Pelo jeito não adiantou; uma criança morreu

O governador Caiado ficou atordoado ao ser perguntando por Jackson Abrão sobre a morte do menino Diogo no Materno Infantil. Sem graça, o governador chamou Marconi de “ex-presidente da República”. Depois, Caiado disse que desde o dia 1º de janeiro vem fazendo “ações concretas” no Materno Infantil.

Pelo jeito não resolveu nada porque uma criança após esperar atendimento por 11 horas no colo da mãe.