Trabalho conjunto de promotorias e MP de Contas resulta em bloqueio milionário de bens em Formosa

Acolhendo pedido feito pela 6ª Promotoria de Formosa, o juiz Lucas Siqueira, da Vara de Fazendas Públicas de Formosa, em decisão proferida nesta terça-feira (2/4), decretou o bloqueio de R$ 2.745.108,94 das contas dos empresários André Luiz Gontijo de Souza e Vanessa Maris Araújo Fernandes, proprietários da construtora Mult X Service Ltda ME, bem como do ex-secretário de Obras do município, Jorge Saad.

A decisão atendeu a pedido feito pela promotoria em ação civil pública por improbidade administrativa na qual ficou demonstrado que a empresa fraudou processo licitatório para a realização de operação tapa-buraco em ruas do município em 2017. A descoberta da fraude foi possível graças ao trabalho integrado entre as Promotorias de Formosa e o Ministério Público de Contas com atuação junto ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).