Em apenas 3 meses de governo, servidores sentem o peso da mão de Caiado

Bastaram apenas três meses de governo para Ronaldo Caiado provar que será implacável com os servidores estaduais. São inúmeros cortes de benefícios e direitos adquiridos, sem falar no atraso do salário e a demora em pagar aposentados e pensionistas. O pior é que vem mais por aí: Caiado já até pediu autorização do STF para reduzir salário do funcionalismo. E está doido para aumentar a alíquota previdenciária, que em alguns casos pode chegar a 22%.

Vale lembra ainda o deboche histórico na Assembleia Legislativa. Quando o governador mandou coraçãozinho e jogou beijos para os professores estaduais que protestavam nas galerias da Casa.

É o servidor estadual segurar as calças. Vem mais corte caidista por aí…