Depois da alta da passagem, vem aí novo assalto ao goianiense. Paulo Garcia planeja aumentar os impostos municipais em 2014

Depois do aumento do preço da passagem, o prefeito Paulo Garcia (PT) planeja nova investida contra o bolso do contribuinte goianiense.

É o que revela a coluna Giro, deste domingo.

Segundo Jarbas Rodrigues, Paulo determinou o início de estudos para a atualização da Planta de Valores Imobiliários de Goiânia, que ser de base para definir a cobrança do IPTU, ITU e ISTI.

Em português claro, isso significa que vamos pagar mais pelos impostos municipais no ano que vem.

Veja a nota:

 

Paço estuda atualizar a Planta de Valores de Goiânia para 2014

A Prefeitura iniciou estudos para atualização da Planta de Valores Imobiliários de Goiânia, que serve de base para definir a cobrança do IPTU, ITU e ISTI. A intenção é enviar o projeto de revisão à Câmara no segundo semestre, a tempo de ser aprovado e implantado em 2014. Além da atualização, o Paço estuda a viabilidade de acabar com as atuais quatro zonas fiscais, com alíquotas diferenciadas e IPTU e ITU progressivos. Os imóveis de maior valor venal, que será definido na atualização da Planta, pagariam alíquotas mais elevadas. Isto afetaria, por exemplo, os imóveis em condomínios fechados. Por outro lado, cerca de 40 mil imóveis da população de baixa renda podem ficar isentos do imposto. Outra possibilidade é tornar o ITU mais caro para lotes baldios e, em cinco anos, serem passíveis de desapropriação pela Prefeitura.

 

LEIA MAIS:

Paulo finge que não é com ele e continua calado sobre debate do aumento da passagem

Iris-Paulo Garcia, desde 2008, permitiram aumento da tarifa de ônibus 20 pontos acima da inflação

Contrato que cobra do povo tarifa com impostos inexistentes é do tempo de Iris na Prefeitura

Paulo Garcia manda CMTC avisar: só baixa passagem do ônibus com ordem judicial