Procissão do Fogaréu: antes da vaia em Goiás, Caiado ouviu gritos de “paga, dezembro!”

Turistas e religiosos presentes na Procissão do Fogaréu no momento da monumental vaia a Caiado narraram ao G24H como tudo transcorreu.
O governador estava na porta do Museu da Boa Morte acendendo a tocha e issi, inclusive, atrasou o início do evento. Aí o pessoal gritou: “Paga, dezembro!” Em mais de 20 anos, a procissão nunca atrasou.
Caiado quis aparecer e se deu mal. A primeira-dama Gracinha estava na janela do Palácio Conde dos Arcos com a família que veio da Bahia.
Na hora das vaias, ela saiu.
Depois,  ela foi pela porta lateral do Palácio para a sede do IPHAN para ver o final da procissão.
E quando os Farricocos estavam na porta da Igreja São Francisco Caiado foi vaiado de novo.