URGENTE Bancada evangélica se rebela e tenta barrar indicação caiadista de Bia do Sintego para Conselho de Educação

A bancada evangélica se levantou  na Assembleia para derrubar a indicação da presidente do Sintego, Bia de Lima, para compor o Conselho Estadual de Educação.   A alegação é de que a professora é a favor da chamada educação de gênero. O levante dos evangélicos suscitou grande debate no plenário e a sessão foi suspensa após pedido de verificação de quórum pedido pelo deputado Humberto Aidar.