Economista e professor critica corte das gratificações no Vapt Vupt: vai acabar com a excelência do serviço

Veja texto publicado nas redes sociais pelo economista e professor Júlio Paschoal:
“Inabilidade do Governo do Estado de Goiás.
As 591 gratificações dos atendentes do VAPT VUPT, jamais poderiam ser cortadas, sabem porque? Por que esses servidores é que garantem o atendimento de excelência para o cidadão que procuram os postos de atendimento em todo o Estado de Goiás. Só corta a gratificação, quem não conhece profundamente a “Rede”, desconhece o compromisso desses servidores, com a população pública. Uma pena a falta de Gestão e criatividade do Secretário de Administração. Como ele é novo não vivenciou o caos que era o atendimento ao cidadão, nos serviços prestados pelos vários órgãos do governo antes da implantação da rede de atendimentos VAPT VUPT. Uma pena.”