Perseguição: servidores da Metrobus reclamam de cortes de anuênios e redução do ticket alimentação

Os funcionários da Metrobus protestam contra a redução ticket alimentação pela metade e contra o corte do anuênio equivalente a 3% do salário, informa o Diário de Goiás. E, reclamam do adiamento da negociação do Acordo Coletivo 2019.

Quase 500 servidores da empresa participaram do encontro que decidiu pela paralisação e que teve a coordenação do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo e da Associação dos servidores da Metrobus.

Desde janeiro que os funcionários da empresa buscam a negociação da Convenção Coletiva que venceu em fevereiro. Os servidores reclamam que os benefícios foram cortados sem negociação.

“O ticket vinculou à nossa renda familiar”, disse uma fonte da Metrobus. “Tem salário que cortou quase R$1.000,00 com as reduções”, disse.

Segundo informações de servidores em contato com o Diário de Goiás, há funcionários que acumulavam 4 ou 5 anuênios. “A empresa tem receita de R$70 milhões por ano”, protestou o motorista.