Diário da paralisia (1): na Secretaria da Cidadania, chefe e servidores trabalham sem luz e sem ar condicionado, porque prédio teve a energia cortada por falta de pagamento

O secretário da Cidadania, Marcos Cabral, e os servidores da pasta trabalham há dois sem luz e sem ar condicionado porque a nova administração não conta de pagar um simples boleto de energia e teve o fornecimento cortado pela Enel. Esse é apenas um dos relatos da paralisia do Estado provocada em apenas 15 dias pelo governo Ronaldo Caiado.

Assim como na Polícia, revolta da Educação contra Caiado cresce a cada dia

O 24Horas escreveu recentemente que a categoria mais decepcionada com o governo Caiado era a Polícia Militar. Recebemos muitas mensagens de professores e servidores da Educação também se manifestando contra o calote de dezembro. Os trabalhadores estão desesperados porque além do calote, Caiado já anunciou que vai cortar o vale alimentação de R$ 500,00 criado por Marconi Perillo.

Supersecretária nega calote, mas não fala quando vai pagar salário de dezembro

Pressionada, a supersecretária carioca Cristiane Schmidt apareceu hoje para negar a possibilidade de calote no salário de dezembro. A economista afirmou que a “história de calote é mentira”. Cristiane, no entanto, não afirmou quando ela e Caiado pretendem pagar o salário atrasado.

Exclusivo: blog apurou os detalhes da conversa entre Kajuru, o senador Alcolumbre, Caiado e Gracinha sobre o pagamento da folha de dezembro. Veja

O Goiás 24Horas apurou os detalhes da conversa entre o senador eleito Jorge Kajuru (PRP), o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), o governador Ronaldo Caiado (DEM) e a primeira-dama Gracinha Caiado, na noite de sexta-feira, sobre o pagamento da folha de dezembro. No encontro, que se estendeu de 20h à 1h da madrugada, no Palácio das Esmeraldas, eles fecharam questão para que os salários de dezembro e janeiro dos servidores fossem pagos integralmente, respectivamente, nos dias 21 e 30.

Guerra fiscal: governador do DF envia projeto à Câmara Distrital para reduzir impostos. Em Goiás, Caiado ataca incentivos fiscais

Site Metrópolis informa que “o primeiro projeto de lei encaminhado à Câmara Legislativa (CLDF) pelo Executivo em 2019 é para reduzir impostos. A secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão encaminhou, nesta segunda-feira (14/1), texto pedindo alterações, em regime de urgência, na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), documento que direciona a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Exclusivo: aliados de Caiado querem cabeça de quem deu a ideia de jerico do fiado nas compras dos servidores

Aliados acreditam que não foi de Caiado a ideia de jerico de sugerir pedido de fiado nas compras dos servidores com o mês dezembro em atraso. Pela experiência e alto nível intelectual do governador, a adoção da absurda solução para o drama do funcionalismo não seria de autoria dele, mas de um assessor desastrado.

Caiado reedita governo Cidinho ao demorar muito na definição de auxiliares

O governador Ronaldo Caiado (DEM) trouxe à tona as lembranças tenebrosas da gestão de Alcides Rodrigues (PP) com a longa demora na escolha dos auxiliares de primeiro e segundo escalões de sua gestão, que completa nesta terça-feira 15 dias com órgãos inteiros abandonados e sem direção administrativa.

Paralisia: mais da metade do 2º escalão do governo Caiado está acéfala e sem direção

O governador Ronaldo Caiado (DEM) completa nesta terça-feira 15 dias de mandato com uma marca inédita: mais da metade do 2.º escalão da administração estadual segue sem titulares, deixando órgãos estratégicos acéfalos e sem rumo. Levantamento apresentado em reportagem na edição de hoje do Popular mostra que 54% das superintendências e diretorias da gestão seguem sem ocupantes.

Exclusivo: Kajuru revela: “Muita gente me falou que está com saudade do governo passado”

Sem papas na língua, o senador eleito continua aliado do governador Ronaldo Caiado, mas não deixa de expressar opiniões que possam ser até desagradáveis ao atual governante. Mas a intenção é colaborar para a correção de rumos que porventura estejam erradas. Kajuru, por exemplo, disse ao blog que “tem ouvido muita gente falar que está com saudade do governo passado”.

Principal revolta dos servidores é com arrogância de Caiado e da supersecretária

Claro que a falta de dinheiro no bolso e na conta vem deixando os servidores estaduais revoltados. No entanto, o que potencializa toda essa raiva é o tratamento dispensado a eles pelo governador Ronaldo Caiado e a supersecretária Cristiane Schmidt. Os dois dão declarações pomposas, cheias de termos técnicos, mas não falam quando vão pagar o salário de dezembro, que é o que interessa.

Preocupado com o salário atrasado do servidor, Wilder posta foto comemorando aniversário da cachorrinha

O secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais, postou nesta terça-feira uma foto fofa em seu Instagram. Wilder aparece segurando no colo sua cachorrinha de estimação. O bichano completa mais um ano de vida. Quem não está tão contente é servidor estadual que não sabe quando vai receber o salário de dezembro.

Calote de Caiado em dezembro: professores se mobilizam pelo não retorno às aulas 

Um grande grupo de professores da rede pública estadual promove reuniões e mobilizações paralelas às lideradas pelo Sintego defendendo uma posição mais dura da categoria contra o calote na folha de dezembro aplicado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM). Os líderes do movimento independente criticam a “tibieza” e o “peleguismo” do Sintego nas negociações e defendem a suspensão do retorno ao ano letivo deste ano até que caiado pague a folha atrasada.

Pressão: Sindepol prega grande união de servidores contra o calote de Caiado

O presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia de Goiás (Sindepol), delegado Adriano Sousa Costa, afirmou nesta segunda-feira (14) durante assembleia geral do Fórum de Entidades dos Servidores, que as associações e sindicatos têm de promover grande mobilização pela união dos funcionários públicos contra o calote do governador Ronaldo Caiado (DEM) nos salários de dezembro.

Ugopoci: Caiado tem recursos para pagar dezembro, mas quer usar calote para decretar Regime de Recuperação Fiscal

Na assembleia geral de servidores que rejeitou em definitivo o parcelamento dos salários de dezembro, na tarde de segunda-feira (14), o presidente da União Goiana dos Policiais Civis (Ugopoci), José Virgílio Dias de Sousa, afirmou que o governador Ronaldo Caiado (DEM) tem os recursos para pagar a folha atrasada, mas não o faz porque quer usar o calote para obter as condições de adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

Mesmo com salários da Saúde pagos, Sindisaúde participa de assembleia geral contra calote de Caiado

“Estamos aqui para prestar nossa solidariedade e apresentar nosso apoio aos encaminhamentos desta assembleia geral”, disse a presidente do Sindisaúde, Flaviana Alves Barbosa. Na reunião, realizada em frente à sede da Sefaz, o Fórum dos Servidores Públicos Estaduais rejeitou a proposta de parcelamento de dezembro, defendeu a manutenção da cronologia de pagamento da folha e estabeleceu assembleia geral permanente para aguardar o resultado da reunião com o governador Ronaldo Caiado (DEM) marcada para a próxima quinta-feira, dia 17.