Governo das más notícias: Caiado diz a Rubens Salomão que crise financeira existirá até fim do seu mandato. Ouça

No podcast de política da rádio Sagres, o jornalista Rubens Salomão relata que perguntou ao governador Ronaldo Caiado (DEM) quando ele vai mudar o disco e parar de reclamar da herança do PSDB. Caiado respondeu que haverá crise financeira até o fim do seu mandato. É o governo das más notícias. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 17’31’’do áudio). 

Ver mais

Cileide: Caiado defendeu democracia na época de Dilma, mas ficou mudo diante de alusão de Eduardo Bolsonaro ao AI-5

A jornalista Cileide Alves escancarou a incoerência do governador Ronaldo Caiado (DEM) no podcast de política da rádio Sagres 730 desta semana. Ela afirma que Caiado defendeu democracia na época de Dilma, mas ficou calado diante de alusão de Eduardo Bolsonaro ao AI-5. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 14’51’’do áudio).

Ver mais

“Caiado está tendo recaídas no seu ímpeto autoritário”, diz Cileide Alves sobre ataques do governador à imprensa

No podcast de política da rádio Sagres desta semana, a jornalista Cileide Alves afirma que o governador Ronaldo Caiado (DEM), ao atacar imprensa dias atrás, está tendo “recaídas no ímpeto autoritário” que ele demonstrou, por exemplo, quando mandou recolher todos os livros do escritor Fernando Morais que faziam críticas a ele. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 14’05’’do áudio). 

Ver mais

Cileide responde ataques de Caiado à imprensa: “jornalistas têm liberdade de decidir o que vão publicar”

Em resposta ao governador Ronaldo Caiado (DEM), que em entrevista na semana passada atacou a imprensa por causa de reportagens negativas sobre ele e sobre o presidente Jair Bolsonaro, a jornalista Cileide Alves, da rádio Sagres 730, respondeu no áudio abaixo: “jornalistas têm liberdade de decidir o que vão publicar”. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 12’04’’do áudio).

Ver mais

Jornalista lembra que Maia e Alcolumbre defenderam democracia diante de alusão de Eduardo Bolsonaro ao AI-5, mas Caiado não

No podcast de política desta semana da rádio Sagres, o jornalista Rubens Salomão lembra que, ao contrário do presidente do Senado (Davi Alcolumbre) e da Câmara (Rodrigo Maia), seus companheiros de partido, o governador Ronaldo Caiado (DEM) não defendeu a democracia diante da sugestão de Eduardo Bolsonaro de que o AI-5 pode ser reeditado no Brasil. Salomão diz que o silêncio de Caiado é “politicamente questionável”. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 9’43’’do áudio). 

Ver mais

Rubens Salomão: “Bolsonaro não faz nada por Goiás apesar de Caiado ser o seu aliado”. Ouça

Para o jornalista Rubens Salomão, a situação do governador Ronaldo Caiado (DEM) com relação ao presidente Jair Bolsonaro é complicada. “Caiado está numa sinuca de bico, porque apesar de apoiar o presidente, as coisas não saíram. Imagina se ele vai para oposição ou começa a fazer qualquer crítica ao governo”, questiona Rubens. (a afirmação está aos 9’21’’do áudio). 

Ver mais

Rubens Salomão diz que Caiado está sem moral no governo Bolsonaro: “não recebe resposta para demandas que leva”

O jornalista Rubens Salomão afirma que o governador Ronaldo Caiado (DEM) está sem moral com o governo Bolsonaro, apesar de defender o presidente mesmo em polêmicas absurdas. “Caiado está numa sinuca de bico, porque ao mesmo tempo que defende Bolsonaro, ele não recebe resposta para as demandas que leva ao ministro da Economia, Paulo Guedes”. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 8’25’’do áudio). 

Ver mais

Cileide lembra que Caiado ficou mudo diante do ataque de Bolsonaro ao STF, no episódio do vídeo do leão e das hienas

No podcast de política da rádio Sagres desta semana, a jornalista Cileide Alves lembra que o governador Ronaldo Caiado (DEM) ficou mudo diante do ataque do presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF) dias atrás. Bolsonaro postou um vídeo em que ele era um leão atacado por várias hienas, sendo uma delas o STF. Clique aqui para ouvir o podcast (a afirmação está aos 7’10’’do áudio). 

Ver mais

Manchete de O Popular é um triste retrato do governo Caiado: em vez de ampliar benefícios dos servidores, ele os corta

A manchete de domingo do jornal O Popular mostra o que virou o governo Caiado: uma administração que persegue os servidores públicos. O que todos gostariam de ler é que a reforma que o governador encaminhou para a Assembleia na semana passada promoveu avanços nos benefícios do funcionalismo, mas em vez disso o que se lê é que Caiado avançou CONTRA os benefícios da categoria. Muito triste. Entre as maldades promovidas pelo governador está a extinção do quinquênio, o aumento de 8% na alíquota de contribuição previdenciária e a redução do período de amamentação a que servidoras mães têm direito. 

Ver mais

Caiado desce a chibata no lombo dos servidores com projeto que extingue os quinquênios

A chibata da família Caiado voltou a estalar no lombo alheio. Conforme mostra reportagem deste domingo do jornal O Popular, o projeto da reforma da Previdência que o governador encaminhou para a Assembleia Legislativa inclui, entre outras maldades, o fim do quinquênio – que é um acréscimo de 5% no salário dos servidores efetivos a cada cinco anos de exercício. O valor é incorporado para efeito de cálculo de aposentadorias e pensões. Este é um benefício que fazia parte da realidade do funcionalismo há muito tempo e, enquanto Marconi foi governador, era sagrado. Ninguém ousava questionar. 

Ver mais

Caiado reduz intervalo de amamentação de mães servidoras de 30 minutos a cada três horas para apenas uma hora por dia

Numa demonstração de crueldade sem precedentes com servidoras do Estado que acabaram de dar à luz, o governador Ronaldo Caiado (DEM) incluiu, no projeto de reforma da Previdência em tramitação na Assembleia Legislativa, cláusula que reduz o período que funcionárias públicas têm disponível, durante o expediente, para amamentar os filhos. Passará de 30 minutos a cada três horas para 1 única hora diária. A esta maldade soma-se a proposta de acabar com os quinquênios (o que deixou sindicatos com cabelos em pé) e de aumentar a alíquota de contribuição, que em vez dos atuais 14,5% será de 22,5%. 

Ver mais

Goianos assustados: assassinato de policial, assassinato de motorista de aplicativo, assassinato de torcedor

O governador Caiado gastou muito dinheiro com publicidade para dizer que a violência tinha acabado em Goiás. Fez até um mini-filme no estilo Tropa de Elite para exibir na televisão. Goiás seria um paraíso europeu, sem nenhum crime. Não é que se vê diariamente nos jornais. No segundo semestre, então, a coisa ficou feia pro lado de Caiado. Em setembro, o policial militar Walisson Miranda foi assassinado dentro de uma viatura da PM e até agora nada foi descoberto.

Ver mais

Incompetência ou maldade? Arrecadação bate nos R$ 20 bilhões, mas Caiado não paga servidor no mês trabalhado

Seria apenas incompetência de gestão ou maldade mesmo? O servidor estadual se faz essa pergunta quando analisa o atraso no pagamento do salário. Lá atrás, ainda na campanha, o então candidato Ronaldo Caiado gritava nos quatro cantos de Goiás que pagaria dentro do mês trabalhado. Ele assumiu o governo e nada disso vem acontecendo. Apesar de a arrecadação do Estado estar chegando a quase R$ 20 bilhões neste ano.

Ver mais