EXCLUSIVO: filho de Álvaro Guimarães ganha R$ 10 mil na Codego mesmo morando em Uberlândia

Mais escândalo envolvendo a Codego e que atinge em cheio o governo de Caiado. Pesquisa na transparência do site da Codego mostra que Silvio Camargos de Souza recebeu R$ 10 mil de salário em junho. Seria normal se ele não fosse filho do deputado estadual Álvaro Guimarães, que é caiadista, e morasse em Uberlândia. Silvio entrou na folha de pagamento da Codego em maio deste ano, com salário de R$ 8 mil. Na folha de junho, ele já aparece ganhando R$ 10 mil.

Greve da Polícia Civil: Mauro Rubem faz politicagem com assunto sério. Mas, na greve dos professores municipais ficou calado

Petista põe lenha na fogueira da greve da Polícia Civil em Goiás. Em vez de ajudar, faz politicagem barata, pedindo a intervenção da Força Nacional no Estado. Brinca, não, deputado! Mais uma vez, Rubem comprova que é hipócrita e usa dois pesos e duas medidas em sua atuação político-parlamentar.

Ver mais

Alcides assinou e nunca fez nada pelo entreposto da zona franca em Anápolis. Esse é o governador que Vanderlan defende

Governador do Amazonas, Omar Aziz, acertou nesta quinta com Marconi que semana que vem virá a Goiânia para assinar o protocolo de intenções para instalação do entreposto aduaneiro da Zona Franca de Manaus em Anápolis. Em 2008, o então governador amazonense Eduardo Braga assinou no Palácio das Esmeraldas o mesmo convênio com Alcides Rodrigues (PP), mas não passou disto. É o retrato da letargia administrativa de Alcides – o administrador que Vanderlan tanto defende e se espelha.

Ver mais

Jilmar Tatto, que atacava Marconi, está cada vez mais encrencado, diz a revista Veja

Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta requerimento para que o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto (PT), preste esclarecimentos à Casa a respeito das ligações do auditor tributário Moacir Fernando – investigado pela Controladoria-Geral do Município por participação no esquema de desvio de verbas do ISS – com sua mulher, Adli Tatt.

Ver mais

Djalma faz vistoria por conta própria e pede interdição do túnel-lavajato

Tirando a parte cômica do vereador Djalma Araújo de calças arriadas e parecendo um catador de caranguejo no mangue, o resto não tem graça nenhuma. Ele esteve no túnel-lavajo e viu de perto todas as deficiências da obras, que continua inacabada, mesmo tendo sido inaugurada no dia 23 de outubro. Djalma apresentou requerimento na Câmara pedindo que o túnel seja interditado até que tudo fique pronto.

Ver mais