Em análise sobre as eleições de 2018, O Popular despreza Caiado e mostra caminho de muitas dificuldades para as candidaturas de José Eliton e Daniel Vilela

Eleições, Imprensa

O Popular traça um quadro de dificuldades para as possíveis candidaturas de José Eliton, pelo PSDB, e Daniel Vilela, pelo PMDB, em 2018. Quanto a Ronaldo Caiado, a reportagem mal cita o senador ruralista, mas frisa que ele, se vier a se candidatar, estará isolado e não terá o apoio de ninguém, a não ser do seu micropartido, o DEM.

Sem Marconi e sem Iris, eleição para o governo em 2018 passa a ser vista como troféu pequeno: todos acham que podem disputar e ganhar, mas… não é bem assim

Eleições, Goiás

Sem Marconi Perillo (que não pode disputar a reeleição) e sem Iris Rezende (que prometeu cumprir seu mandato de prefeito até o fim), a eleição de 2018 parece um prato fácil ao alcance de qualquer um – como demonstra o lançamento da candidatura da titular da Sefaz, Ana Carla Abrão Costa, ao governo do Estado. Mas não é bem assim.

Lançada pela mãe, Lúcia Vânia, como candidata a governadora em 2018, Ana Carla, da Sefaz, responde ao site A Redação: “Não confirmo nem descarto”

Eleições

Tem nome novo para o governo do Estado em 2018: é a secretaria estadual da Fazenda, economista Ana Carla Abrão Costa, que deixará a pasta no próximo dia 6 de janeiro. Lançada pela própria mãe, a senadora Lúcia Vânia, Ana Carla respondeu à moda dos políticos: “Não confirmo nem descarto”.

Em café da manhã com jornalistas, senadora Lúcia Vânia lança a filha Ana Carla para o governo do Estado em 2018: “Se for da vontade dela e do povo…”

Eleições, Goiás

Em café da manhã de confraternização com jornalistas, na manhã desta segunda-feira, a senadora Lúcia Vânia, do PSB, lançou o nome da sua filha Ana Carla Abrão Costa, atual secretária estadual da Fazenda, para o governo do Estado em 2018. Veja os detalhes.

Diário da Manhã: aproximação entre Marconi, Iris e Maguito é irreversível e abrirá um novo ciclo na história política de Goiás, com reflexos na eleição de 2018

Eleições, Goiás

Para o Diário da Manhã, em reportagem do veterano Helton Lenine neste domingo, não há como deter o movimento de aproximação entre as três maiores lideranças políticas do Estado – Marconi Perillo, Iris Rezende e Maguito Vilela. “É um novo ciclo que vem aí, com a marca da pacificação”, prevê a matéria.

Afonso Lopes, no Jornal Opção: Daniel Vilela está perdido, não deslancha como candidato a governador e deixa a porteira aberta para o seu pai, Maguito

Eleições

Para o comentarista político Afonso Lopes, o deputado federal Daniel Vilela deveria ser o grande nome do PMDB para 2018. Deveria… mas não é. O jornalista diz que o peemedebista parece perdido, não consegue deslanchar e deixa assim a porteira aberta para o pai, Maguito Vilela – a grande opção do PMDB para 2018.

A pancadaria continua: no Jornal Opção, José Nelto segue disparando a metralhadora giratória e garante que Ronaldo Caiado “não tem nada a ver com o PMDB”

Eleições

O deputado estadual José Nelto, do PMDB, não dá tréguas ao senador Ronaldo Caiado – que sonha contar com o apoio do partido para ser candidato a governador em 2018. No Jornal Opção, Nelto afirma que “Caiado não tem nada a ver com o PMDB” e ironiza a figura do senador.

Ensaio de aproximação política entre PMDB e PSDB entusiasma Marconi, Iris e Maguito, mas incomoda candidatos potenciais em 2018, como José Eliton e Daniel Vilela

Eleições

Daniel Vilela já deu declarações condenando qualquer aproximação entre PSDB e PMDB. Neste sábado, é a vez de José Eliton, na coluna Giro, em O Popular, afirmar que tucanos e peemedebistas estão limitados a parcerias administrativas, sem consequências políticas. Os dois são candidatos potenciais a governador em 2018 e estão incomodados com a dança de Marconi Perillo, Iris Rezende e Maguito Vilela.

Maguito traça o quadro para 2018: “O candidato da base governista será José Eliton; o do DEM, Ronaldo Caiado; e o do PMDB um nome ainda a definir”

Eleições

Maguito Vilela é seu grupo político são hoje o principal obstáculo para que Ronaldo Caiado conquiste o apoio do PMDB para 2018. Em entrevista ao site A Redação, o prefeito de Aparecida fez a previsão de que José Eliton será candidato pela base marconista, Caiado pelo próprio DEM e, pelo PMDB, sairá um nome ainda a ser definido.

Maguito: “Não vejo nenhum problema para o PMDB, amanhã, apoiar uma candidatura de Marconi no plano nacional. Não vejo dificuldade alguma”

Eleições, Goiás

O prefeito de Aparecida Maguito Vilela foi cristalino na sua entrevista ao site A Redação: ele não vê “dificuldade alguma” para que o PMDB venha a apoiar, em 2018, uma candidatura nacional do governador Marconi Perillo. Veja com mais detalhes as declarações de Maguito.

Lixo jornalístico: olha só o que virou a nota irresponsável da coluna Giro afirmando que Marconi poderia se filiar ao PMDB

Clipping, Eleições, Goiás

A notícia inventada pela coluna Giro, de O Popular, afirmando que o governador Marconi Perillo estaria cogitando se filiar ao PMDB, cresceu e desandou na repercussão criada pela própria coluna, ao abrir espaço para o deputado Daniel Vilela tripudiar sobre o governador. Agora, olha só, leitor, o que Daniel postou no seu Twitter. Só que tudo não passa de uma grande mentira.

Ulisses Aesse, no DM: depois do voto contra juízes e promotores, “se Daniel Vilela  quiser ser candidato  em 2018, vai ter de reconquistar o eleitorado perdido”

Clipping, Eleições, Goiás

A péssima repercussão do voto do deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, a favor da emenda que pune juízes e promotores, é objeto de análise do colunista Ulisses Aesse, do Café da Manhã, no Diário da Manhã. Para o jornalista, Daniel Vilela decepcionou seus próprios eleitores e, se quiser ser candidato em 2018, vai ter de reconquistá-los.

Jornal Opção: Vilela sênior (Maguito) e Vilela júnior (Daniel) “não apoiarão Caiado para governador em 2018 nem que a vaca tussa em aramaico ou iídiche”

Eleições

Nota do Jornal Opção, neste domingo,diz que os Vilela, Maguito e Daniel, não darão jamais apoio a candidatura de Ronaldo Caiado a governador, em 2018. Os dois, chamados na nota de Vilela sênior e Vilela júnior, controlam o PMDB do interior – que será determinante para a escolha do candidato daqui a 2 anos.

José Nelto não quer ver Caiado “nem pintado de ouro” e garante que o PMDB “jamais voltará a apoiá-lo para qualquer cargo”

Eleições, Goiás

O deputado estadual José Nelto, do PMDB, continua disparando críticas pesadas contra o senador Ronaldo Caiado, do DEM: é a disputa, desde já, pelo apoio dos peemedebistas nas eleições para governador de Goiás em 2018. Segundo Nelto, “o PMDB jamais voltará a apoiar Caiado para qualquer cargo”. Confira.

Prefeitos ligados a Maguito fazem “campanha” para ele desistir da aposentadoria e ser candidato a governador em 2018: “Não retire seu nome”, pedem

Aparecida de Goiânia, Eleições

O prefeito eleito de Aparecida, Gustavo Mendanha, e o prefeito em fim de mandato de Jataí, Humberto Machado, incluíram em seus discursos, na inauguração da avenida Jataí (em Aparecida), apelos para que Maguito Vilela desista da anunciada aposentadoria política e venha a ser o candidato do PMDB em 2018.

Encontros em clima de entusiasmo entre Marconi e Maguito têm a ver com as eleições de 2018 e podem até levar a um acordo na disputa pelas 2 vagas no Senado

Eleições

A cordialidade que o governador Marconi Perillo, do PSDB, e o prefeito de Aparecida, Maguito Vilela, do PMDB, mostram em seus repetidos encontros pode sinalizar pode vontade de passar mais que um exemplo de convivência democrática entre contrários e apontar para o acordão em 2018, com o fim das hostilidades entre tucanos e peemedebistas goianos.

Carta de leitor de O Popular define com perfeição a situação de Major Araújo: “Ele tem o dever moral de tomar posse no cargo para o qual foi eleito e deveria ter pensado antes”

Eleições, Goiânia

O que ninguém da imprensa goiana escreveu, sobre a iminente renúncia de Major Araújo ao cargo de vice-prefeito de Goiânia, um leitor de O Popular diz na seção de cartas nesta sexta: “Ele tem o dever moral de assumir o cargo para o qual foi eleito”. Sensacional.

No Diário da Manhã, José Nelto descarta apoio do PMDB a Ronaldo Caiado, mesmo se ele vier a se filiar ao partido: “Já temos bons nomes”

Eleições

“Nunca”. Esta é a resposta do deputado estadual e líder do PMDB na Assembleia, José Nelto, ao ser perguntado sobre a hipótese do partido apoiar o senador Ronaldo Caiado para o governo do Estado em 2018. “Já temos bons nomes”, diz o peemedebista, garantindo que nem filiado ao PMDB Caiado terá o apoio da legenda.

Caiado responde aos peemedebistas que cobram sua filiação para ser candidato com apoio do PMDB em 2018: “Jamais isso passou pela minha cabeça. Não tem sentido”

Eleições, Goiás

“Eu? De maneira alguma”, disse o senador Ronaldo Caiado ao ser perguntado, na rádio CBN, se estaria disposto a trocar pelo DEM pelo PMDB para ter o apoio dos peemedebistas na disputa pelo governo de Goiás em 2018. Caiado garantiu que sair do DEM “jamais passou pela minha cabeça”.

Trunfo de Iris para combater possível candidatura de Daniel Vilela (ou de Maguito) em 2018 tem nome e endereço, diz o Jornal Opção: Ronaldo Caiado

Eleições

Iris Rezende não engoliu a derrota na disputa pelo comando do diretório estadual do PMDB, quando Daniel Vilela venceu o irista Nailton Oliveira. Segundo o Jornal Opção, Iris trabalha para recuperar o controle do diretório e impedir uma candidata de Daniel ou Maguito Vilela em 2018. O nome de Iris para a disputa é o do senador Ronaldo Caiado.