Mais uma de Cileide Alves: “Iris sempre alardeou ser um excelente administrador, mas continua devendo à cidade”

Goiânia, Imprensa

“É na dificuldade que um bom gestor se destaca. Iris sempre alardeou ser um excelente administrador, mas continua devendo à cidade, como ele próprio confessou na Câmara de Goiânia”, escreveu Cileide Alves, em seu blog no site da Interativa.

Em artigo, jornalista Cileide Alves afirma que gestão de Iris ainda não deslanchou

Goiânia, Imprensa

A jornalista Cileide Alves, ex-O Popular, fez um artigo em seu blog no site da Interativa para comentar a prestação de contas do prefeito Iris. Cileide, conhecida nos bastidores por ter uma simpatia pelo velho cacique, reconhece que a gestão iris ainda não deslanchou depois de 8 meses (na verdade são 9, né).

Líder de audiência, Jornal do Meio Dia se moderniza e agora também pode ser visto na internet ao vivo

Imprensa

Completando 26 anos de história, o Jornal do Meio Dia vem com novidade. O noticiário agora pode ser visto pela internet ao vivo. A inovação mostra que a direção do jornal sacou a importância das redes sociais e entrou na onda do momento. Ponto para Jordevá Rosa e Luciana Finholdt.

Tumulto, confusão e falta de organização: foi assim que a TV Anhanguera definiu o atendimento da prefeitura de Iris na Central de Regulação

Goiânia, Imprensa

A TV Anhanguera esteve na Central neste primeiro dia de serviço prestado pela prefeitura. As cenas são assustadoras. Um tumulto sem fim, grávida esperando no chão e idosos sem qualquer tipo de atendimento preferencial.

Jornal Opção: livro “Obrigado pelo atraso”, que mostra como funciona o mundo moderno, tem muito a ensinar a Iris

Goiânia, Imprensa

Em seu editorial desta semana, o Jornal Opção comenta o livro do renomado comentarista político norte-americano Thomas Friedman, “Obrigado pelo atraso”. A obra é um guia de como o gestor deve se comportar no mundo moderno, que é repleto de demandas urgentes e tecnológicas.

Mais uma vez? Coluna Giro aponta possibilidade de Iris ser candidato ao governo em 2018

Eleições, Goiás, Imprensa

Como a briga entre Ronaldo Caiado e Daniel Vilela está pegando fogo, os peemedebistas da velha guarda vêm dizendo que o único capaz de unir a oposição é o prefeito Iris Rezende. Como nunca se pode duvidar do apetite do velho cacique por uma candidatura, tudo pode acontecer…

Repórteres de política de O Popular, Eduardo Sartorato e Andréia Bahia se demitem

Goiás, Imprensa

Os repórteres Eduardo Sartorato e Andréia Bahia pediram demissão da redação de “O Popular”. Sartorato informou aos colegas que vai fazer mestrado na Áustria. Além de repórter, substituía Jarbas Rodrigues Jr., editor da coluna “Giro”, nas folgal e férias. Bahia vai cursar doutorado na Universidade de Brasília (UnB).

Em sua coluna, jornalista Marcos Cipriano escreve que candidatura de Daniel Vilela naufragou

Eleições, Imprensa

A maré não anda boa para o deputado federal Daniel Vilela. O jornalista Marcos Cipriano, na coluna do Diário do Estado, escreve que um deputado garantiu que a candidatura do filho de Maguito “naufragou”. De fato, Danielzinho não consegue embalar. Seu projeto claudicante não empolga grande parte do PMDB.

Oloares repreende Waldir por papagaiada contra radares nas rodovias estaduais: “Delegado, o senhor não precisa disso”

Goiás, Imprensa

O jornalista Oloares Ferreira, da Record TV Goiás, criticou o comportamento do deputado federal Delegado Waldir, que divulgou vídeos em que aparece ao lado de radares móveis nas rodovias estaduais. Waldir detona o governo de Goiás e a Agetop, falando que há uma indústria da multa.

Coluna Giro pergunta sobre reforma política, mas não fala do quadrilhão do PMDB com Daniel Vilela

Goiás, Imprensa

Sempre simpática ao projeto político do deputado federal Daniel Vilela (PMDB), a coluna Giro, do jornal O Popular, publica nesta segunda-feira declarações insossas do filho do ex-governador Maguito Vilela sobre reforma política – que nem sequer deve ser aprovada no Congresso. Mas sobre o assunto do momento, a denúncia contra o “quadrilhão do PMDB”, a turma do Pop não questiona Danielzinho. 

Pergunta que não quer calar: por que a imprensa goiana não questiona Iris, Dona Iris e Daniel sobre o “quadrilhão do PMDB”, acusado de roubar R$ 600 milhões?

Goiânia, Imprensa

A imprensa goiana está bem pacata quanto ao quadrilhão do PMDB na Câmara. O esquema, que seria liderado por Michel Temer, desviou quase R$ 600 milhões. Iris, Dona Iris e Daniel Vilela são poupados e ficam caladinhos sobre o escândalo de corrupção.

Como Lula para cima de Dona Marisa, Iris coloca a culpa no falecido Paulo Garcia pela crise na prefeitura, nove meses após sua posse

Goiânia, Imprensa

Na edição do jornal O Popular deste domingo, o prefeito Iris Rezende (PMDB) coloca a culpa no falecido ex-prefeito Paulo Garcia (PT) pela crise na prefeitura de Goiânia. Iris diz que herdou uma prefeitura falida, com déficit de R$ 600 milhões. A estratégia de Iris (covarde, aliás) é a mesma usada por Lula, que jogou a culpa do famoso triplex em cima da mulher Marisa, que morreu em fevereiro.

Formada por ex-jornalistas de O Popular, comunicação “estrelada” de Daniel Vilela fracassa e não apresenta nada de inovador

Goiás, Imprensa

Rodrigo Czepak, Pedro Palazzo e Bruno Rocha Lima integram o time de assessoria de imprensa do deputado federal Daniel Vilela. O trabalho do trio (todos trabalharam no jornal O Popular) é burocrático e as redes sociais do deputado são bem fraquinhas. Fracassou!

Fabiana Pulcineli critica Major Araújo por espalhar “fake news” contra Marconi e diz que trabalho da oposição é “fraco e contraproducente”

Goiás, Imprensa

O deputado estadual Major Araújo (PRP) espalhou nesta semana falsa de notícia de que o governador Marconi Perillo teria virado réu no STJ. Trata-se de mentira, o que não é novidade quando estamos falando do sempre atabalhoado Major Araújo. Jornalista de O Popular desmentiu o deputado e ainda afirmou que a oposição é fraca. Veja.

Sandro Mabel aparece no gráfico feito pela Polícia Federal para explicar o “quadrilhão” do PMDB

Goiás, Imprensa, Nacional

A Polícia Federal incluiu em seu relatório sobre a atuação do PMDB organograma para ilustrar a atuação de Michel Temer no “quadrilhão” do partido. O ex-deputado e ex-assessor de Michel Temer Sandro Mabel aparece no gráfico da PF. Sandro Mabel afirmou que não participou de nenhum ato ilícito e que as investigações vão comprovar a inocência dele.