Na coluna Giro, Maguito assume que a investigação no STF “chamusca” a imagem do filho Daniel Vilela, que tenta ser candidato a governador

Goiás, Imprensa

O ex-prefeito Maguito Vilela (PMDB) foi perguntado pela coluna Giro, em O Popular, se a investigação no STF causará danos à candidatura de Daniel Vilela ao governo. O filho de Maguito, assim como o pai, aparece na histórica lista do ministro Edson Fachin.

Lista atualizada do delator Benedicto Júnior entregue à Lava Jato mostra R$ 50 mil endereçados a Caiado, que tinha o apelido de “Vaqueiro”

Goiás, Imprensa

A planilha mostra que Ronaldo Caiado receberia R$ 50 mil, “sem intermediário”, para a campanha da eleição de 2010. O apelido do senador na já famosa lista era bem sugestivo: “Vaqueiro”. Lista atualizada foi divulgada pelo Estadão, na manchete do site.

Iris Rezende e a secretária Fátima Mrué estão brincando com a saúde de Goiânia. TV Anhanguera mostra que o drama por atendimento nos Cais continua

Goiânia, Imprensa

Tudo continua caótico nos Cais da Capital. Não há médicos suficientes para oferecer um atendimento minimamente digno aos cidadãos. A TV Anhanguera mostrou que um senhor esperou 10 horas para ser atendido. Goiânia é uma capital, só que parece mais uma cidade abandonada de um rincão qualquer. Cadê o prefeito dessa cidade???

Revista Exame ouve especialistas e eles dizem que os 100 primeiros dias são vitais para o resto do governo. Em Goiânia, Iris não cumpriu as promessas e piorou a situação da saúde e educação

Goiânia, Imprensa

Reportagem no site da revista Exame aborda o que bons prefeitos fazem nos 100 primeiros dias de governo. O texto é muito interessante porque se trazemos para a nossa realidade daqui de Goiânia percebemos o quão ruim é a gestão do prefeito Iris Rezende (PMDB).

Na coluna Giro, Jarbas Rodrigues tropeça no Português ao trocar “xeque” por “cheque”

Goiânia, Imprensa

O titular da coluna Giro, de O Popular, Jarbas Rodrigues, errou feio no Português. O jornalista queria trocou a xeque com “x” por “cheque”, com “ch”, que é aquele de pagamento. Registro foi feito pelo Jornal Opção. A nota, claro, falava de Daniel Vilela. A coluna Giro se tornou uma espécie de boletim diário da vida do deputado filho de Maguito.

Coluna no Diário da Manhã resume as recentes entrevistas de Iris: “fora da realidade, incapaz de ações práticas e desastre pode ser maior que o previsto”

Goiânia, Imprensa

A coluna Fio Direto, do Diário da Manhã, na edição desta quinta-feira, resumiu bem as últimas entrevistas de Iris Rezende à imprensa. A mais simbólica foi a concedida à TV Anhanguera, ao vivo, em que o prefeito se mostrou descontrolado e atacou a greve dos professores.

Na coluna Giro, de O Popular: QG de Daniel Vilela admite que é grande o estrago com a lista de Fachin

Eleições, Goiás, Imprensa

A nota em Giro diz que os aliados acham que Daniel pode sair dessa enrascada se houve desfecho rápido na investigação no STF. O problema é que não será tão rápido assim. Uma investigação como essa pode se arrastar por longos 5 anos, dificultando assim a candidatura de Daniel ao governo de Goiás em 2018.

Iris Rezende prometeu na TV Anhanguera que não faltaria mais insulina. Hoje, pacientes estiveram na farmácia e não havia insulina

Goiânia, Imprensa

Prefeito Iris Rezende não cumpriu a palavrada dada ontem em entrevista ao vivo na TV Anhanguera. Hoje, os pacientes estiveram na farmácia da prefeitura e não havia insulina. Dizem que vai chegar em abril, mas não se sabe quando.

Coluna Giro, em O Popular, diz que a inclusão de Daniel e Maguito Vilela na lista dos investigados na Lava Jato fortalece a candidatura de Caiado em 2018

Eleições, Goiás, Imprensa

A coluna Giro, em O Popular, informa nesta quarta-feira que a candidatura de Daniel Vilela a governador, em 2018, já está sendo reavaliada dentro do PMDB goiano. A inclusão do nome de Daniel e seu pai Maguito Vilela na lista dos investigados na Operação Lava Jato, por receber propinas, fortaleceu o nome de Ronaldo Caiado, diz a coluna.

Em entrevista no Jornal Anhanguera, prefeito Iris Rezende diz que “hoje a cidade já está praticamente em ordem”

Goiânia, Imprensa

Não é verdade. Porque o próprio Jornal Anhanguera mostrou em reportagens os problemas graves na saúde, educação e transporte coletivo. Ao longo de toda a entrevista, Iris Rezende se recusou a reconhecer que a situação é grave.

Em ato falho, Lilian Lynch diz para Iris Rezende: “Em primeiro lugar, queremos parabenizar o senhor por esse período de 100 dias desse novo mandato”

Goiânia, Imprensa

A apresentadora Lilian Lynch foi até o Paço Municipal entrevistar o prefeito Iris Rezende (PMDB). O papo, exibido ao vivo, na edição desta terça-feira do Jornal Anhanguera 1ª Edição acabou evidenciando mais uma vez, que Iris parece viver numa realidade paralela: só nessa ficção Goiânia é uma cidade onde os serviços municipais funcionam.

Jornal Anhanguera mostra todas as crises de Goiânia (saúde, educação, lixo, transporte coletivo), mas Iris não expõe solução efetiva para nenhum dos problemas. Para ele, está tudo bem!

Goiânia, Imprensa

A apresentadora Lilian Lynch foi até o Paço Municipal entrevistar o prefeito Iris Rezende (PMDB). O papo, exibido ao vivo, na edição de hoje do Jornal Anhanguera do almoço acabou só evidenciando que Iris parece viver numa realidade paralela.

Vereador Rogério Cruz ao jornal A Redação: “Infelizmente, Iris tomou posse, mas até momento não assumiu a cidade”

Goiânia, Imprensa

O vereador Rogério Cruz (PRB) criticou, em entrevista ao jornal A Redação, a gestão do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB). “Ele [Iris] ainda não assumiu o governo, essa é a realidade. Isso causa uma situação muito preocupante para nós [vereadores], que estamos com o povo”, disse ao citar problemas na educação e na saúde do município.

Jornalista Santacruz: “Imaginem um palanque do senador Ronaldo Caiado e D. Iris, juntos. É o barraco mais alto da arrogância e da presunção. O resto é o resto”

Goiás, Imprensa

O artigo do jornalista Carlos Alberto Santa Cruz continua rendendo e repercutindo no meio político. Ao projetar a união de DEM e PMDB, ele pensou como seria um palanque com duas figuras que fazem a política do ódio em Goiás: o senador Ronaldo Caiado e a primeira-dama Dona Iris.

Curitiba é a primeira capital brasileira a ficar sem nenhum jornal diário impresso: a Gazeta do Povo suspende a edição em papel e vai ficar só na internet

Imprensa

A morte da imprensa em papel está cada vez mais próxima: Curitiba será a primeira capital brasileira a ficar sem jornal diário, com o fim da edição impressa da Gazeta do Povo – que decidiu se concentrar na internet. Pode apostar, leitor, não vai demorar para que você testemunhe o fim de potências como O Popular, que já encolheu para o tamanho tabloide.

Adjetivos de Santa Cruz para Caiado: “arruaceiro”, “descontrolado”, “bravateiro”, “não gosta de pobre e preto”, “arrogante” e “tomado pelo ódio e inveja”

Goiás, Imprensa

O jornalista Carlos Alberto Santacruz, em seu artigo no Diário da Manhã sobre Ronaldo Caiado, brinda o senador com uma penca de adjetivos bem pesados, mas todos no sentido de desenhar o líder ruralista como uma pessoa agressiva e um político radical. Veja.

Aleluia! Jarbas Rodrigues, da coluna Giro, finalmente admite chance de ser formada a chapa Alckmin/Marconi para 2018

Goiânia, Imprensa

Depois do entrosamento total demonstrado por Geraldo Alckmin e Marconi Perillo no bate-papo pelo Facebook, o jornalista Jarbas Rodrigues, titular da coluna Giro (jornal O Popular) finalmente admitiu a possibilidade de os dois tucanos formarem a chapa presidencial do PSDB para a disputa presidencial.

Nas redes sociais, Marconi é soberano. Bate-papo ao vivo com Alckmin debateu temas relevantes e pautou a imprensa nacional e local

Goiânia, Imprensa

Bate-papo ao vivo pelo Facebook foi realizado direto da sede do governo de São Paulo. O resultado foi instantâneo. Poucos minutos após o fim do bate-papo, os principais sites do Brasil (Folha, Estadão, Brasil 247) e de Goiás noticiavam em sua capa o encontro dos governadores no ambiente digital e os desdobramentos da conversa.

Entrevista de Vanderlan Cardoso ao Jornal Opção, neste domingo, é show de auto-idolatria em que ele menciona 32 vezes o pronome “eu” e diz que até João Doria o copia

Goiânia, Imprensa

Em entrevista ao Jornal Opção, neste domingo, o empresário Vanderlan Cardoso critica a tudo e a todos e deixa claro que, em Goiás ou em Goiânia, as coisas só estariam melhor se ele tivesse vencido as eleições que disputou. “Eu’ é a palavra mais usada pelo milionário: 32 vezes. Até João Dória, em São Paulo, está copiando ideias e projetos de Vanderlan, segundo ele mesmo.