Bia do Sintego anuncia abraço na escola onde foi assassinado professor em Valparaíso

Na audiência pública sobre segurança nas escolas, proposta pela deputada Lêda Borges e realizada ontem em Valparaíso, Bia Lima, presidente do Sintego, se solidarizou com os familiares do Colégio Céu Azul e disse que o Sindicato em nome dos profissionais de educação alerta para o fato de construir a segurança por muitas mãos. “Precisamos das famílias, da sociedade. Convidou a todos para fazer um grande abraço na segunda-feira na escola do professor Júlio César. Queremos paz!”, disse.