Crueldade de Caiado: “economia” de R$ 40 milhões com fim do Passe Livre é irrisória no orçamento do Estado

A mais nova manobra de “economia” de Ronaldo Caiado é cortar o Passe Livre Estudantil dos universitários, deixando o benefício apenas para estudantes do ensino médio e que comprovem renda familiar até 3 salários mínimos. A justificativa para mais essa medida polêmica de Caiado é a economia de R$ 40 milhões, dinheiro irrisório diante do impacto social gerado pelo programa e do vultoso orçamento do Estado.