Dilma acaba com o sonho do PT lançar candidato em Goiás e determina que PMDB encabece a chapa na eleição do ano que vem

O sonho do PT de lançar candidato ao governo de Goiás acabou, informa o jornal Tribuna do Planalto.

Segundo o semanário, por Dilma, os petistas goianos vão arquivar o projeto de candidatura própria e procurarão Iris Rezende.

Veja a nota:

 

Por Dilma, PT goiano esquece candidatura própria e procura Iris

Em tensa reunião na última semana no diretório estadual, o PT goiano ouviu um importante recado: a prioridade de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) sobrepõe-se a qualquer voo regional. Assim, o desejo do partido de disputar o governo do Estado em 2014 com nome próprio está descartado. O caminho é fortalecer a aliança com o PMDB. Depois da reunião, onde foi repassada a decisão nacional, o deputado federal Rubens Otoni já afirmou que o prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, deve cumprir o mandato. Com muitas reuniões pelo interior, Gomide era o nome trabalhado pelo partido até então. A outra decisão da cúpula estadual é procurar de imediato o ex-prefeito Iris Rezende e informá-lo da disposição de caminhar com o PMDB, fortalecendo assim o peemedebista. Alguns membros do PT acreditam que, por uma aliança maior das oposições, o partido está disposto a “cortar na própria carne”. Ou seja, o PT está disposto a abrir mão, inclusive, de estar na chapa majoritária.