“Caiado virou o maior cabo eleitoral de Marconi e vai inocentá-lo também de todas as acusações”, afirma caiadista ouvido pelo G24H

As cabeças mais sensatas do caiadismo começam a fazer autocrítica do governo que está presentes a fazer oito meses, desde a eleição de outubro do ano passado. Um desses políticos com capacidade de análise, que não misturam ódio com política, não se comporta como torcedor de futebol e nem é daqueles que só batem palmas, diz que é hora de dar uma reviravolta na gestão. “Ainda dá tempo”, analisa ele para afirma que os maiores problemas de Caiado são focar exclusivamente no passado e jogar toas esperanças no governo federal. Esses dois pontos inviabilizam e paralisam a administração, alerta ele.
“Caiado virou o maior cabo eleitoral de Marconi e vai inocentá-lo também de todas as acusações”, afirma esse caiadista ouvido pelo G24H .
Ele explica que o governador atual está acabando com programas que deram certo e garantiram 20 anos de poder ao PSDB sem apresentar alternativas de novas modalidades de atender o povo. “Em 1999, Marconi inovou e apresentou novas formas de governar e programas que atenderam a população. Agora, Caiado só ataca, extermina ações bem avaliadas do governo passado e não aponta novos caminhos. Não vai dar certo”.
Ele diz também que as tentativas de incriminar Marconi não vão dar resultado e Caiado vai acabar dando atestado de idoneidade ao ex-governador.