Caiado tenta engrupir deputados sobre repasse de duodécimo: “Não haverá queda e braços”, enrola

Caiado comentou o conflito entre deputados na questão do repasse do duodécimo, uma reivindicação dos parlamentares.

” Não tem problema algum. Não vamos ter nenhuma queda de braço em relação a isso”, disse Caiado, em entrevista à imprensa.

Mas deixa claro que não vai passar o dinheiro a que a Assembleia tem direito.

“Terá da minha parte transparência completa. Tanto é que todos foram signatários de um documento mostrando o colapso financeiro do Estado de Goiás e todos se comprometeram a não expandir na área de nomeações, de concursos, diante da situação precária que vive o Estado de Goiás”, afirma